[DIÁRIO DE LEITURA] Perdido em Marte #3


Agora eles se comunicam (astronauta com a NASA) e acontecem alguns problemas críticos (com risco de morte), mas, para mim, desinteressantes de ler. Além disso, a tripulação descobre que nosso marciano está vivo.

the-martian-perdido-em-marte-por-rhads-950x534-e1433858680201

A NASA então cria um projeto (IRIS) para mandar comida para Marte em 400 dias, um limite de tempo bem apertado, já que o suprimento de batatas terminará mais ou menos no mesmo prazo.

perdido-em-marte

batatas perdidas após explosão do HAB

Li algumas resenhas que dizem que é estranho nosso protagonista não pensar em pessoas que deixou na Terra como familiares, amigos, antigos amores e realmente têm razão. Mesmo que ele esteja treinado para enfrentar a solidão, em nenhum momento ele pensa sobre decisões que fez, arrependimentos, coisas que pretende resolver ou consertar se sair dessa vivo, etc.

perdido-em-marte-1

Isso o torna um personagem irreal e acabamos não tendo empatia por ele. É como se fosse mais um comediante fazendo um sketch do que um ser humano numa situação extrema.

Veja as Partes I e II desse Diário

Anúncios

O que achou dessa leitura?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s