[TÉCNICO] Na Natureza Selvagem


natureza

Cheguei neste livro após ter assistido o filme de mesmo nome, dirigido por Sean Penn. Lembro-me que tal me irritou muito, pois é difícil para mim ver uma pessoa ser tão imprudente desse jeito, sendo eu tão precavida. No entanto, o livro exonerou um pouco a imagem do jovem Chris McCandless (acima), o que deixa tudo ainda mais trágico.

Para quem não conhece a história, um rapaz rico da Costa Leste norte-americana resolve sair perambulando por aí, fazendo mochilão, pegando carona, vivendo da terra, etc. Isso no final da década de 80. Ou seja, sem celular, GPS, câmeras de segurança com reconhecimento de face e internet. Por isso, ele conseguiu ser bem sucedido em simplesmente desaparecer depois de sua formatura na faculdade, deixando sua família desesperada.

natureza6

Após muitas aventuras, tendo feito várias amizades pelo caminho (para quem ele mandava postais e cartas), usando principalmente um pseudônimo (Alex), Chris vai ao Alasca, motivado por romances que lera (Tolstoi, Gogol, Jack London), o que me faz pensar na influência que hoje os youtubers e blogueiros tem sobre os jovens.

Der Kalifornier Christopher McCandless wanderte nach seinem College-Abschluss 1990 durch die USA - mit nur einem Rucksack als Gepäck. Nach zwei Jahren auf Reisen landete er in der Wildnis von Alaska, wo er sich in einem ausrangierten Straßenbauarbeiter-Bus im Denali-Nationalpark einquartierte. Er ernährte sich von Beeren, Pilzen und Kartoffeln sowie von Tieren wie Eichhörnchen, Vögeln und Stachelschweinen, die er mit seinem Kleinkalibergewehr schoss. Dieses Selbstauslöserporträt ist wahrscheinlich im Sommer 1992 entstanden. Im August des Jahres starb McCandless mit 24 Jahren, vermutlich war er verhungert. 112 Tage hatte er in der Wildnis überlebt.

Apesar de muito inteligente e até relativamente preparado (sabia caçar, etc), ele sucumbe na região inóspita do norte e morre de fome, após comer sementes tóxicas. Seu corpo então é encontrado semanas depois (1992) num ônibus abandonado (abaixo), levando o autor, Jon Krakauer, a escrever uma matéria especial numa revista, que gera muita repercussão.

natureza7

Muito interessado pelo mistério e também pelo fato de também ter sido, na sua época, um jovem aventureiro, ele monta este livro a partir de entrevistas e das fotos que o rapaz tirou (selfies do tempo analógico). Além disso, traz relatos de outras pessoas que também se arriscaram e morreram no Alaska e outros lugares dos EUA, assim como trechos de livros que Chris lia (o seu último fora Doutor Jivago, que estou lendo) e transcrições de seu diário escrito antes de seu fim.

A narrativa é triste, principalmente quando se percebe o quanto tudo poderia ter sido diferente se algumas pequenas decisões tivessem sido tomadas. Vale a pena pela reflexão!

#53 livro lido de 2016

Lido em 16 dias.

Dados da Edição Lida:

NA_NATUREZA_SELVAGEM_14352973452218SK1435297345Bnaipes-023

A Dramática História de Um Jovem Aventureiro
Jon Krakauer
Ano: 1998 / Páginas: 213
Editora: Companhia das Letras

Link no Skoob

Anúncios

Um pensamento sobre “[TÉCNICO] Na Natureza Selvagem

  1. Pingback: [TÉCNICO] No Ar Rarefeito | Leituras de Taróloga

O que achou dessa leitura?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s