[MÊS DO PROUST] No Caminho de Swann #4


Agora Swann começa a ter ciúmes de Odette e a desconfiar que talvez ele não seja o centro de suas atenções…isso durante os intermináveis jantares na casa da Sra de Verdurin que me lembram muito as saídas do Bateman, o Psicopata Americano, por causa de suas conversas vazias e cheias de vaidade.

Caderno de Proust

Caderno de Proust

Fiquei pensando também, ao ler esta parte, como seria difícil adaptar Proust para o cinema, até porque o que importa é o modo como ele narra o fato e não o fato em si. Fora que se trata de uma análise minuciosa das expressões faciais dos personagens, do tom de voz com o qual dizem certas frases e do subtexto que corre por baixo do que é dito.

Assim, vemos o relacionamento de Swann e Odette entrar em crise. Swann não pode mais frequentar os Verdurin, o que dificulta seus encontros com ela. Então passa por vários estágios da paixão: tem raiva dela, a menospreza, a vigia, imagina mil coisas (boas e más), se finge indiferente, manda indiretas, usa amigos em comum para vigiá-la, vai nos lugares onde ela está, pega sua correspondência, etc.

Isso tudo enquanto a sociedade é descrita com suas contradições, mentiras e afetamentos….

Veja as Partes 1, 2 e 3 desse Diário

Anúncios

3 pensamentos sobre “[MÊS DO PROUST] No Caminho de Swann #4

  1. Pingback: [MÊS DO PROUST] No Caminho de Swann #5 | Leituras de Taróloga

  2. Pingback: [DIÁRIO DE LEITURA] No Caminho de Swann #6 | Leituras de Taróloga

  3. Pingback: [LITERATURA] No Caminho de Swann | Leituras de Taróloga

O que achou dessa leitura?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s