[LITERATURA] As Brumas de Avalon


Em termos de coleção, posso dizer que foi uma experiência interessante, embora não plenamente satisfatória. A temática principal foi a religiosa e as personagens centrais, as mulheres, mesmo que, a meu ver, apenas Morgana tenha sido mais desenvolvida. Além disso, apesar de Viviane, Gwen e Morgause terem tido algum destaque, grande parte da ala feminina foi retratada como sempre: frágil, fútil e dominada por homens.

moa40_1210

A espada Excalibur

O enredo foi baseado nos romances de cavalaria da Idade Média, trazendo uma polidez e um senso de cavalheirismo inexistentes aos primeiros séculos depois de Cristo, misturado a cenas mágicas e fábulas, como seres da floresta e dragões, o que destoa bastante do tom sério que a autora tenta imprimir à narrativa. Assim, os homens são todos nobres, inofensivos, em sua maioria, honrados, sinceros e galantes (do lado do bem, claro), pois os maus acabam sendo ou os saxões (selvagens) ou os padres, por sua violência ou pequenez de raciocínio, respectivamente.

Morgaine-the-mists-of-avalon-32191807-500-250

Morgana, a verdadeira protagonista

Sobre os livros em si, eu diria que A Senhora da Magia é curioso por focar na questão dos hábitos de Avalon. Já A Grande Rainha é bem chato, pois tem como voz-narrativa Guinevere, que só sabe reclamar e se fazer de santa, muitas vezes beirando ao histerismo. O Gamo-Rei tem grandes e muitos acontecimentos, envolvendo todos os personagens. Por fim, o Prisoneiro da Árvore, é o mais soturno de todos, quando todas as tensões simplesmente explodem e a decadência ocorre, sendo o final muito corrido e abrupto.

Veja meus Diários de Leitura de cada volume:

Volume I – A Senhora da Magia: Partes I II

Volume II – A Grande Rainha: Partes III, IV e V

Volume III – O Gamo-Rei: Partes VI, VII, VIIIIX e X

Volume IV – O Prisioneiro da Árvore: Partes XI, XII, XIII, XIV e XV

Eu recomendo a leitura pela modernização da lenda, pelos debates religiosos e pelo feminismo, mesmo que incompleto. No entanto, considero a Trilogia de Merlin, da Mary Stewart superior. Ela ainda traz os elementos da lenda, mas continua com os pés firmes no real. Fora que os personagens são mais críveis e melhor trabalhados.

Dados da Edição lida:

AS_BRUMAS_DE_AVALON_1316700947Bnaipes-024

Coleção Completa – 4 volumes
Marion Zimmer Bradley
Ano: 2008 / Páginas: 924
Editora: Imago

Link no Skoob

*Clique aqui para entender o uso do naipe acima na avaliação

Anúncios

2 pensamentos sobre “[LITERATURA] As Brumas de Avalon

  1. Pingback: [META] Livros para ler em 2015 | Leituras de Taróloga

  2. Pingback: Livros das metas de 2015 e 2016 já lidos | Leituras de Taróloga

O que achou dessa leitura?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s