[TÉCNICO] Amor Líquido


O conceito do livro em si é bem interessante e o autor tem várias obras dentro dessa linha da “modernidade líquida”. Seja como for, não foi uma leitura agradável. Tanto a estrutura quanto o linguajar tornou a experiência árida, mesmo num livro tão curto (menos de 200 páginas). Custei a terminar e me vi várias vezes divagando.

Isso não significa, porém, que o livro seja ruim ou o que está escrito nele não seja relevante. É sim. Muitos pontos nos fazem pensar sobre a superficialidade das relações amorosas/sexuais e também humanas, no sentido religioso (“amar ao próximo”), global, tecnológico (internet e celulares) e social, incluindo alguns trechos sobre refugiados e comércio entre países, por exemplo.

Seja como for, se tivesse sido escrito e organizado de outra maneira, penso que o teria aproveitado melhor. Vou tentar ler as outras obras para ver se a experiência será diferente!

Tempo de Leitura: 178 dias

Dados da Edição Lida:

AMOR_LIQUIDO_1380840527Bnaipes-024

Sobre a fragilidade dos laços humanos
Zygmunt Bauman
Ano: 2004 / Páginas: 190
Idioma: português
Editora: Zahar

Link no Skoob

*Clique aqui para entender o uso do naipe acima na avaliação

Anúncios

O que achou dessa leitura?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s