[MÊS DA HISTÓRIA] O Rei de Inverno


Arthur-Pyle_Uther-Pendragon

Uther, pai de Arthur

O primeiro livro das Crônicas de Arthur de Bernard Cornwell, narrado pelo personagem Derfel, começa pelo nascimento de Mordred. O interessante é notar que, nesta versão, a mãe dele é Norwenna e não Morgause, como na Trilogia de Merlin.

Glastonbury, onde antigamente ficava Avalon

Glastonbury Tor, onde antigamente ficava Avalon

Mordred, após seu nascimento, se desloca para Ynys Wydryn, a ilha de Avalon do Brumas de Avalon. Como se pode ver pela foto – e no texto de Cornwell isso é citado – este lugar não era bem uma ilha e sim um monte rodeado por pântanos. Atualmente, estes não parecem mais existir. No alto da colina se vê uma torre de igreja cristã, religião que, na época, ainda não tinha “pegado”. No momento dessa história, o que há no topo é a casa de Merlin.

Morgana (bastarda de Uther) que traz Mordred à luz, tem trinta anos, é viúva e tem a parte esquerda do corpo queimada e deformada. Além disso, é cega de um olho, por isso, usa uma máscara de ouro no rosto, luvas e roupas pretas.

Taí uma visão horrenda da nossa amiga feiticeira, sempre retratada como muito bonita ou, pelo menos, saudável.

Morgan le Fay por Frederick Sandys, 1864

Morgan le Fay por Frederick Sandys, 1864

Anúncios

Um pensamento sobre “[MÊS DA HISTÓRIA] O Rei de Inverno

  1. Pingback: [RESUMO] Leituras para o Mês da História | Leituras de Taróloga

O que achou dessa leitura?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s