[SÉRIE] Grandes Mulheres da Minha Biblioteca


Em lembrança ao Dia da Mulher elenquei algumas mulheres dos livros que li que são admiráveis, a meu ver. Aproveito o ensejo também para indicar as referidas histórias para quem busca sugestões de leitura. Para saber mais, basta clicar no título onde está um link para o Skoob.

19370_103677266328894_100000598623489_101262_240122_n

1. Angélica – A Marquesa dos Anjos

Interpretada no cinema por Michelle Mercier (acima), Angélica é uma francesa da época de Luis XIV (século XVII), que passa por muitas aventuras e vive uma vida completamente livre e independente dos homens. Ela mora com bandidos, abre uma loja de chocolate quente, é vendida como escrava, luta ao lado de revoltosos protestantes…Ninguém segura esta mulher!

ANGELICAN_MARQUESA_DOS_ANJOS_1239990848B

Acima está a capa do primeiro volume de uma coleção de 14, escrito pelo casal Anne e Serge Golon. Infelizmente não é mais fácil encontrar estes livros para vender. A edição que tenho pertence ao Círculo do Livro.

c99e5d3fb44fdf8cf068a4803d554694

2. Clarice Starling – O Silêncio dos Inocentes

Esta é bem mais conhecida por ter feito grande sucesso no cinema na pele de Jodie Foster. Clarice é uma jovem que nem se formou ainda no FBI, mas que já se mostrou uma das melhores da classe e não só na parte intelectual. Ela é também a melhor atiradora da turma, habilidade que geralmente se associa aos homens.

Além disso, mesmo sem ter obrigação nenhuma resolver o crime, com coragem ela vai até o fim e coloca sua vida em risco para salvar a última vítima de Buffalo Bill, o psicopata da história.

O_SILENCIO_DOS_INOCENTES_1245159538B

A edição que li acima é uma edição de bolso.

tumblr_ngldt4PpYw1qlqoaqo1_1280

3. Scarlett O´Hara – E O Vento Levou…

Mesmo no século XIX, quando era bonitinho que as mulheres fossem burras e frívolas, Scarlett não estava nem aí em mostrar sua determinação e inteligência. Casou com quem quis, foi empreendedora, tocou sua fazenda com as próprias mãos e desafiou uma série de convenções sociais.

E_O_VENTO_LEVOU_VOLUME_1_1383864343B

Esta edição também é de bolso, mas um dia irei comprar uma de coleção, pois vale a pena ter na estante.

jane-eyre-sept-2013

4. Jane Eyre

A última a interpretá-la foi Mia Wasikowska, em 2011. Eu ainda gosto mais de uma versão que vi há muitos anos e que não encontrei mais. O fato é que a história é muito boa – uma jovem órfã que precisa trabalhar como preceptora e se apaixona por seu chefe – e mostra como podemos nos manter íntegros, não importa o que nos aconteça. Também é uma lição para todas as mulheres que saem correndo atrás de seus interesses amorosos, achando que se não fizerem tudo o que eles querem, irão perdê-los. Ledo engano!

JANE_EYRE_INGLES_1303496300B

Eu li em inglês na época em que fazia CNA, portanto nunca o tive na minha coleção, mas, quem sabe um dia!

Anúncios

O que achou dessa leitura?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s